sábado, 27 de setembro de 2008

Sonhos

"Vive intensamente cada dia que passa como se fosse o teu útlimo dia de vida"
Li esta frase, há muito tempo, não sei onde. Nunca mais a esqueci e hoje recordei-a particularmente.
Primeiro, porque o meu dia foi um "daqueles" e depois porque um comentário amavelmente deixado no meu post anterior me conduziu a um blog que novamente me fez recordar essa frase.
Com é fácil e difícil (contrasenso!) viver intensamente cada dia!
Fácil, porque a correria é tanta, que forçosamente o dia tem de ser vivido com intensidade. Difícil, porque fazemos tudo menos o que nos dá prazer... Cada vez menos temos tempo para "nós" (...mas para os "outros" há sempre).
...
...parei um pouco. Quem ler isto pensará que eu sou de um egoísmo atroz! ...e se calhar sou. São mais de 40 anos de peso e cansaço. ...mas 40 anos supostamente é apenas metade da vida. OK. Mas chega. Estou cansada. Não vejo luz no fundo do túnel. A filha está criada... que mais tenho para fazer? E tenho alguém à minha espera do outro lado. ...mas não tenho coragem.

Einstein disse: "Sou eu que estou louco ou são os outros?!"
Definitivamente sou eu.

3 comentários:

SD disse...

Falta pouco para fazer os 40 e posso dizer que uma das coisas piores que me poderia acontecer seria perder a minha mãe, todos os dias preciso dela...

Filó e Ana disse...

Olá!! Desejo-lhe um grande ano de 2009 cheio de sucesso e de tudo o que mais desejar!!
Beijinhos!!!

Isadora disse...

Que blog sensível, você faz muito bem em escrever... Com certeza é uma válvula de escape para você e um conforto para muitos que lêem. Já me falaram para fazer isso também mas acho que não tenho muito talento.

Bem que eu não me lembrava do nome "Mafalda" lá do forum, fiquei a imaginar quem seria - rsrs Sua filha parece ser uma pessoa muito original também, assim como você.

Eu também vivo postando comentários usando o perfil do meu marido por engano, aí tenho que voltar toda hora para me desculpar :P

Grande beijo, tome cuidado esses dias para não virar almoço - com tanto coelho à solta! rsrsrsrsrs